Já reparou como, ao longo do dia, recebemos diversos estímulos, sejam positivos ou não?

Somos atraídos por uma bela fotografia, ficamos mais tranquilos ou agitados dependendo da melodia e sentimos repulsa com algum odor ruim, por exemplo.

Se isso é algo que acontece cotidianamente, que tal utilizar esses sentidos para conquistar atrair mais clientes e aumentar suas vendas?

Quando lançamos mão desses estímulos estamos aplicando estratégias de marketing sensorial. Quer saber como seu ambiente de trabalho pode atrair mais clientes? Acompanhe o texto e entenda tudo sobre o assunto!

O que é marketing sensorial?

Nada mais é do que utilizar nossos sentidos — tato, olfato, visão, audição e paladar — para aumentar as vendas. Esse conceito surgiu na Inglaterra e consiste em estimular um ou vários sentidos ao mesmo tempo. A estratégia tem sido usada para reforçar e melhorar o posicionamento das marcas, visto que as boas sensações criam uma imagem positiva na mente dos clientes.

O marketing sensorial diferencia uma empresa de seus concorrentes ao atingir todo o potencial mental do consumidor, transmitindo com mais naturalidade e clareza sua mensagem. Isso eleva o status da marca perante o cliente, dando vantagem competitiva.

Por que devo utilizá-lo?

O comportamento das pessoas está cada vez mais voltado às interações momentâneas e à sua ligação pessoal com a marca. Dessa forma, os processos de decisão de compra estão mais relacionados aos estímulos instantâneos do que às publicidades mais óbvias.

Ao explorar os 5 sentidos nas estratégias de marketing você mexe com as emoções do consumidor e valoriza os pequenos e bons momentos da vida. Isso porque você atinge o subconsciente das pessoas, enviando mensagens que vão além de palavras e influenciando nas decisões de compra.

Como adotar o marketing sensorial no meu negócio?

Acima de tudo, você precisa conhecer bem o produto que vende ou o serviço que oferece, pois os estímulos devem estar alinhados com o conceito do seu negócio. Se você tem uma padaria, por exemplo, manter constantemente um aroma de pão recém assado vai aumentar o desejo de comer das pessoas, fazendo-as consumir mais.

Já se você tem um escritório de advocacia, e necessita de ferramentas para auxiliarem no seu dia a dia com seus clientes, tanto na recepção quanto na tomada de decisão do cliente. Pode estimular o paladar com cafés e biscoito especiais. Ou a visão, adicionando itens de decoração — como tapetes e cortinas — que transmitam conforto e segurança, além da madeira que retrata um ambiente mais sóbrio e sofisticado, trazendo um diferencial para a decoração.

A visão, aliás, pode receber um estímulo extra por meio de cores e padrões, dependendo da tonalidade escolhida é possível passar a sensação de tranquilidade, confiança e segurança, como o azul, marrom e branco, por exemplo. Para isso, vale a pena pesquisar quais sensações cada tonalidade provoca e aplicar uma que esteja de acordo com sua empresa e seus objetivos. Esses detalhes podem ajudar na construção de um bom relacionamento com seus clientes, em conjunto com o ambiente e o profissionalismo, passando exatamente a mensagem que você deseja.

Para que você tire o maior proveito do marketing sensorial, é imprescindível que você faça um raio-X completo do seu negócio e analise quais emoções você quer evocar. Estude seu público-alvo, o ambiente físico do seu negócio, quais boas emoções estão relacionadas ao seu segmento e como trazê-las à tona. Com um pouco de criatividade, você pode tornar o seu ambiente de trabalho propício para atrair mais clientes e tornar sua marca uma referência para os consumidores.

E já que estamos falando sobre como conquistar consumidores, continue no blog e confira as melhores práticas para fechamento de clientes na advocacia!

Leave a Reply

×